Giões é uma pequena vila do concelho de Alcoutim, junto à fronteira do Algarve com o Baixo Alentejo e com uma densidade populacional muito baixa.

Está localizada num outeiro, entre serras, perto da ribeira do Vascão.

A sua existência remonta ao século XVI, altura em que conheceu uma grande prosperidade.

Esta aldeia encanta pelo deambular descontraído no emaranhado de ruas e travessas entre o casario antigo, pela simpatia dos seus habitantes, pelo sossego e silêncio envolvente da serra e pela deslumbrante abóboda celeste que nos transporta àquelas noites de Verão da nossa
infância onde, deitados nos pátios das casas, olhávamos o céu, a tentar descobrir as constelações e as estrelas cadentes a quem pedíamos um desejo.

Aqui, sendo uma zona essencialmente de criação de gado ovino e caprino, pode-se apreciar um dos maiores rebanhos de cabras da tradicional raça algarvia que, em conjunto com os rebanhos de ovelhas, partilham o espaço envolvente da aldeia muito próximo dos habitantes.

Existe também alguma produção de mel de grande qualidade e a caça é o desporto rei.

Apesar de Giões não se encontrar no destino por excelência do Algarve – as praias – é, no entanto, uma boa alternativa a quem aprecia o turismo de natureza e o contacto com a vida simples das gentes desta terra.